RACIONAIS se torna Leitura Obrigatória no Vestibular UNICAMP 2020

Movimento Cultural Hip Hop

A renomada “Universidade Estadual de Campinas – Unicamp”, incluiu recentemente em sua pauta obrigatória de obras de leitura para o vestibular de 2020 o álbum “Sobrevivendo no Inferno”, clássico dos “Racionais MC’s”, creditado como o maior grupo de RAP do Brasil.

Veja também:  PARTY PEOPLE… Afrika Bambaataa, O Godfather do HIP-HOP completa 61 Anos em sua essencial existência!!!

 

 

Inseridos na categoria “Poesia”, os Racionais estão dividindo sua ocupação ao lado de sonetos do português Luís de Camões e de “A Teus Pés” – considerado o primeiro e único livro publicado em vida pela poetisa carioca “Ana Cristina Cesar”, presente também na composição do programa de 2019.

No quadro geral do ineditismo de leitura, além da marcante presença do grupo paulistano de RAP, “Júlia Lopes de Almeida” (“A Falência”, na categoria Romance) e “Nelson Rodrigues” (“A Cabra Vadia”, Crônica) estão entre as 12 obras que deverão ser aplicadas para a prova.

Confira: The Godfather – Descansa em Paz mais um representante do HIP-HOP

Para a Unicamp, tais novidades no seu programa de provas assinalam “diferentes gêneros e extensões, de autores das literaturas brasileira e portuguesa” e “possuem relevância estética, cultural e pedagógica para a formação dos estudantes do ensino médio”, ou seja, no caso da Periferia, também é uma forma de inclusão da importância da Cultura produzida neste território e a provocação de um despertar do jovem nascido neste, demonstrando que a Universidade em si, é o espaço difusor do saber abrangente a todos, independendo à condição social e racial de cada um.

Dê uma olhadinha: Farufyno estende o tapete vermelho para Carlos Dafé na Virada Cultural de Sampa

Lançado pela “Zâmbia Fotográfica”, gravadora cujo papel era dar voz ao RAP nacional numa época em que as grandes corporações do país ainda resistiam à fúria negra musical das periferias, o álbum “Sobrevivendo no Inferno” foi lançado em 1997, e é considerado um dos discos mais emblemáticos do gênero. Sob as instrumentais genuinamente trabalhadas com o auxílio do “DJ KL Jay”, as composições produzidas pelos rappers “Mano Brown”, “Edi Rock” e “Ice Blue”, descrevem sem meios termos as agruras da vida do Jovem Preto e pobre da Periferia, em meio a um cenário de desigualdade social marcado pelo racismo, a falta de oportunidades e a violência policial, como se pode observar em clássicos como “Diário de Um Detento”, “Capítulo 4, Versículo 3” e “Mágico de Oz”….

Paz e Respeito!!

 

Clica no play e veja!

 

TAGS: Clara Nunes será enredo da Portela  Camila Sila continua como rainha de bateria da Mocidade  Melissa está de volta  Musa fitness revela seus truques para o inverno  Tiãozinho Cruz é o novo intérprete do Guerreiros de Jacarepaguá  Enredo crítico é a aposta da São Clemente 

 

Por: DJ “Zulu” TR.

Fan Page: Acorda Hip Hop – Trilogia

Comentários estão fechados.