Símbolo da força e resistência, Portela planta árvore de Baobá no Parque de Madureira

Dia da Consciência Negra

Plantar e preservar o verde. A Portela plantou nesta semana na entrada principal do Parque de Madureira uma árvore de Baobá, nativa da África, em homenagem ao Dia da Consciência Negra. O propósito da azul e branco da Zona Norte é homenagear a memória de todos os portelenses que faleceram desde o mês de março, em decorrência da Covid-19. Estiveram presentes no evento, presidente Luis Carlos Magalhães, vice-presidente Fábio Pavão, membros da diretoria, segmentos da agremiação e casal de mestre-sala e porta-bandeira.

Leia também: Etnia, crenças e inspirações: Projeto Criolice no Dia da Consciência Negra

 

 

 

 

 

TAGS: Bar do Zeca Pagodinho de 24 a 29/11  Teatro II do CCBB Rio reabre  Império Serrano divulga fantasias  Marcell Vale lança novo EP  Espaço Alma de Boêmio  Rainha dos Faisões  Casa França-Brasil estreia série de lives  Rocinha reabre quadra em dezembro  O Direito de Pensar  Festival Gastronômico Degusta Tijuca  Horóscopo Alto Astral de 16/11 a 22/11 Moda: Mini saia jeans  Lu Lobo se joga no samba Salgueiro celebra o Dia da Consciência Negra Apoteose Carioca se filia a Liga LIVRES  Cine África Projeto ‘Abrindo Portas’ Teatro Rival Refit  Thiago e Thaeme  Império da Zona Norte  Morre Djalma Sabiá Sossego comemora 51 anos Mês da Consciência Negra  Portela celebra a reabertura de sua quadra

 

 

 

 

Comentários estão fechados.