Tijuca e Estácio abrilhantam o evento Portela recebe

A majestade do samba

Desta vez quem abrilhantou a quadra da azul e branco de Madureira, na Zona Norte, nesta sexta-feira(8), chuvosa no Rio, foi a Unidos da Tijuca e Estácio de Sá, no evento Portela recebe, acontecimento realizado sempre as sextas-feiras do mês, onde a escola tem como convidada duas coirmãs. Ao som da bateria ‘Tabajara do Samba’ de mestre Nilo Sergio e do intérprete Gilsinho, dar-se início ao grande espetáculo da noite. A harmonia dá o pontapé inicial ao show de abertura que está apenas começando, logo em seguida, passistas, baianas, compositores, destaque de luxo, Velha Guarda, departamento feminino e a rainha Bianca Monteiro, fazem suas belas apresentações.

 

 

A Tijuca foi a primeira escola a se apresentar, a amarelo ouro e azul Pavão do Santo Cristo cantou seus antigos carnavais, “O Dono da Terra”, “Agudás, Os Que Levaram a África No Coração e Trouxeram Para o Coração da África, o Brasil”; e “É Segredo”(samba campeão de 2010). Fechando com chave de ouro, o berço do samba, a Estácio, a escola da Série A cantou e encantou velhos sambas-enredo, Festa do Círio de Nazaré”, “Chora, Chorões”, “O Tititi do Sapoti” e muitos outros. A festa foi marcada pela diversão entre portelenses, tijucanos e estacianos.

 

 

Clica no link para ver as fotos Portela recebe Tijuca e Estácio

Comentários estão fechados.