Seres invisibilizados! BORRA, novo espetáculo da Dinamosfera

Dias 30 e 31/10, no Teatro Cacilda Becker

Quase um ano após incendiar o Teatro Cacilda Becker homenageando Maria Bethânia (“Aponte”), a Dinamosfera Companhia de Dança volta ao palco do Flamengo, em curtíssima temporada, com novo projeto, igualmente inquietante e surpreendente: BORRA, homenageando artistas brasileiros da literatura e música, que retratam em suas obras os seres relegados à borda da sociedade, será apresentado nos dias 30, quarta-feira, e 31, quinta-feira, de outubro, às 20h. A Companhia também promoverá oficinas de dança contemporânea, abertas para estudantes, pesquisadores de dança ou interessados em geral, a partir de 13 anos, em ambos os dias, das 10h às 12h (valor de inscrição na forma de contribuição consciente).

Música nova, Meskla traz novo hit!

 

 

Com direção, concepção e coreografias de Dinis Zanotto, Flavia Spinardi e Tamires Coutinho, BORRA nos joga para o que descartamos e para quem pode ser descartável, descartando junto o seu direito de pertencer. Nasce da borra de café e da borra de sabão, a essência deixada depois de ter o que se quer. A Dinamosfera leva à cena momentos e relações carregados de poética e expressividade, por meio da dança contemporânea e das vozes marginalizadas, lançando luz sobre os negligenciados, invisíveis, desprezados, seres do submundo. BORRA é o que resta. Paradoxo e analogia entre descarte e essência marcam estes seres periféricos.

Mais uma vez, a Dinamosfera trabalha com referências da produção cultural brasileira, desta vez olhando para a literatura marginal bem como para artistas oriundos deste universo. BORRA elege o corpo para dar vida a  essas questões, borram-se as margens entre as linguagens cênicas, pois o corpo não as conhece, nem reconhece barreiras. O corpo é cru, fluído e livre. Apesar da sua marginalização, esta prática não é do corpo, é da sociedade e de seus valores discriminatórios.

“Semana favorece relações mas pede paciência”, Horóscopo Alto Astral – Céu Astrológico de 28/10 a 02/11

 

 

Seguindo a linguagem já estabelecida da companhia de dialogar com compositores e ou intérpretes brasileiros, desta vez a Companhia imerge em vozes da margem. As mulheres, artistas e cantoras Linn da Quebrada, Elza Soares, Xênia França e Banda Marsa, transpassdas pela trilha original criada por André Poyart, dão o ambiente sonoro para contar essa história de corpos, vozes e seres que muitas vezes são invisíveis, mas que têm sua expressão maior em sua arte, seu grito de sobrevivência, resistência e existência.

A Dinamosfera é uma companhia de dança atuante desde 2017 na dança carioca. Tem como espetáculo de estreia Aponte. A Cia está na sua segunda residência artística no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro. Sendo formada e dirigida pelos três coreógrafos: Dinis Zanotto, Flavia Spinardi e Tamires Coutinho, que apostam na variedade de linguagens com seus múltiplos desdobramentos.

 

 

SERVIÇO:

Espetáculo: BORRA – Dinamosfera Companhia de Dança

30 a 31 de OUTUBRO de 2019 – Quarta-feira e Quinta-feira

Horário: 20h

Teatro Cacilda Becker – Largo do Machado

R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Classificação 12 anos

 

Oficinas de Dança Contemporânea – Dinamosfera Companhia de Dança

30 e 31 de OUTUBRO de 2019 – Quarta-feira e Quinta-feira

Horário: 10h às 12h

Teatro Cacilda Becker – Largo do Machado

Contribuição Consciente

A partir de 12 anos, para interessados, estudantes e profissionais da dança e do corpo.

 

 

Clica no Play!

 

 

 

 

TAGS: 1° Festival Literário em São Gonçalo Prévias dos Sambas-Enredo das escolas da Série A Império da Tijuca abre vagas para ala das crianças Acadêmicos da Diversidade já tem enredo! Aprenda a fazer duas amarrações de turbante Pré-Parada LGBT de Madureira lota palco do samba Curicica apresenta Sinopse 2020 Aprenda como misturar estampas florais com linho UPM seleciona negras e mulatas Ana Paula Evangelista se encontra com Quitéria Chagas Estácio de Sá já tem samba para 2020 MC Koringa se manifesta Wilson Witzel quer dividir os desfiles na Sapuca Maratona do RJ Criativo Ópera ‘Orphée’ Horóscopo Alto Astral de 14 A 20/10 Mudança radical de vida “É o Povo da Batalha”

 

-Cezanne Divulgação-

Comentários estão fechados.