Psicóloga Marihá Lopes fala sobre o impacto do pós-quarentena na saúde mental na era da Covid-19

Especialista em tratamento de ansiedade e fobias

Com a certeza do fim da quarentena e a incerteza de quando teremos a vacina contra o novo coronavírus(Covid-19), as pessoas voltaram a ter a sensação de que as coisas estão muito soltas e, com isso, há a falta do controle, aumentando sintomas de ansiedade, medo e irritabilidade.

Estou apaixonada! Denise Dias adere a equitação para trazer energia e bem-estar para sua vida

 

 

Quando tudo começou, nossa dúvida era de como iríamos lidar com o isolamento social. Hoje, a questão é voltada para o retorno das atividades. Como iremos enfrentar esse novo mundo, uma vez que ainda não há vacina? As pessoas começaram a sofrer psicologicamente ao perceberem que terão que retornar a esse mundo que ainda não tem proteção.

Quem conseguiu trabalhar em esquema de Home Office e, em sua grande maioria, permaneceu sem sintomas do vírus, hoje encontra-se em uma situação que precisará se expor. Há uma iminência de exposição e, por consequência, de contágio. Esse quadro tem gerado picos maiores de ansiedade, medo e angústia em relação a como conviver com esse novo cenário, uma vez que houve o esforço de conscientização durante esses últimos meses pela prevenção e o cuidado com o próximo e agora há a expectativa de chegarmos ao pico da doença no Brasil.

Império Serrano, cheguei! Darlin Ferratry é coroada rainha de bateria da ‘Sinfônica do Samba’

Nesse contexto que teremos que encarar, o indicado é focar no que nós temos controle para que isso ajude a diminuir nossa angústia, medo e também os picos de ansiedade. O que temos controle hoje é justamente manter a nossa higiene, manter as mãos higienizadas, tomar banho e trocar de roupa sempre que voltar das ruas, controlar nosso acesso em determinados lugares, evitar lugares cheios e com aglomeração, manter o distanciamento social, ter a consciência de que se não for feito, isso fará a doença se proliferar novamente. Precisaremos escolher, portanto, lugares mais vazios, evitar locais fechados e cheios até que a população seja imunizada.

A realidade é que a vida vai ter que voltar a andar, mas temos a escolha de como iremos lidar com isso no futuro. Se ainda não há vacina, será preciso manter a integridade física não se expondo. Não se expondo em momentos que não há a necessidade da exposição. Manter apenas a exposição para os momentos realmente necessários, como o trabalho e o estudo. E sempre com o uso da máscara e higienização das mãos com álcool em gel.

 

 

 

 

TAGS: Horóscopo Alto Astral de 07/09 a 13/09 Evoluir e ajudar Thaeme e Thiago divulgam faixas inéditas Império Serrano realiza Super Live Jesus Luz faz live no Vidigal Taty Zatto exibe barriga definida Que avião! Metrô de SP apresenta obras de artes Flavia Gabê lança clipe Tucuruvi lança seu enredo 2021 Shows gratuitos onLine no YouTube Hambúrguer artesanal Flor da Mina do Andaraí apresenta nova logo Cine África online Benefícios do Yoga Parceria musical Sexy e sensualModa: Camiseta Manga Longa Gola V Theatro Municipal Palco Livre Nova logo do Império Serrano Raízes culturais

 

-Carlos Pinho-

Assessor de Comunicação

 

 

 

 

Comentários estão fechados.