Pai Batista de Obaluaiyê Lança Livro Sobre Oferendas aos Orixás na Livraria Cultura, Centro do Rio

Advogado, Empresário, Escritor e Babalorixá, pai Batista ainda é uma referência forte do que foi o Candomblé da Goméia

No dia 26 de setembro, o advogado, empresário, babalorixá e escritor Batista de Obaluaiyê receberá amigos, a partir das 18 h, na Livraria Cultura, no Centro da Cidade, para o lançamento de mais um livro – “Sagradas oferendas – adimú aos orixás”. Nascido como João Batista do Espírito Santo, este homem culto nasceu na cidade de Tutóia, no estado do Maranhão. De família evangélica, a sua iniciação no Candomblé se deu por problemas de saúde. “Fui iniciado devido a problemas de saúde. Tinha problemas nas pernas, não andava e sentia muitas dores”.

Veja também: Fenômeno na internet, Dylan, o mineirinho de 7 anos conquistou o Brasil, lança cover de Gustavo Mioto

 

 

 

E o seu contato com o seu babalorixá Joãozinho da Goméia foi muito mágico. Pois a ponte entre eles foi um senhor – Babalorixá, que já era filho de santo do seu Joãozinho. E imagine para uma criança ser iniciada em uma religião que aos olhos de muitos era estranha. Pai Batista se iniciou aos 6 anos de idade. Para ele foi um pouco difícil, pois teve que se tornar adulto precocemente, devido às limitações e aos preconceitos que a religião sofria no passado. Mas, sua maior tormenta foi a escola. “Imagine ser uma criança de 6 anos, iniciada em uma religião difícil e me portar perante aos amigos que eram influenciados pelos familiares?” Foram momentos complicados que o jovem Batista teve que aprender a conviver. Entre o preconceito e o medo de largar a religião, pai Batista optou por permanecer no Candomblé, pois o medo de que a doença retornasse falava mais alto do que qualquer coisa.

Mas, o lado positivo, além da saúde restabelecida, foi a certeza de que nunca mais estaria sozinho na vida, pois poderia contar com o seu orixá Obaluaiyê para tudo. “Isso é ter fé, objetivo, perseverança e acreditar em minha capacidade e em minha fé”. Tal postura, diante desse novo horizonte, fez pai Batista um homem ainda melhor. Construiu um patrimônio não apenas religioso e espiritual, mas também de conhecimentos. Estudou, formou-se como advogado e escritor.

Clica aqui: “Coloridas e bem chamativas” Inocentes de Belford Roxo exibe fantasias para o Carnaval 2019

Autor de vários livros ligados à valorização da espiritualidade do homem e a cultura afro, pai Batista tornou-se um vencedor neste campo, e sempre com muita luta e disciplina, acreditando em seus projetos e em sua fé. Isso o faz estar vivo. Vivenciando experiências 24 horas. E tudo isso o define como um guerreiro que apesar de todas as dificuldades enfrentadas, oriundo de família humilde e de toda discriminação sofrida, ao longo de sua vida, por ser um homem de Candomblé, nunca desistiu dos seus sonhos.

Autor de mais de 80 títulos, entre escritos publicados e não publicados, pai Batista vê e acredita que a salvação do ser humano repousa na crença por parte do governo, dos líderes religiosos e da sociedade como um todo, na boa formação, através de uma educação de qualidade e de uma boa orientação religiosa livre de preconceito, sempre focados no jovem que é a base da formação de uma nação. E, que só assim, o mundo terá pessoas melhores, livres de preconceitos e intolerâncias de qualquer espécie.

 

Serviço:

Evento – lançamento do livro – “Sagradas oferendas – adimú aos orixás”;

Data: 26/09/2018;

Horário: Às 18h.

Endereço: Rua Senador Dantas, 45, Cinelândia.

Classificação: Livre.

 

TAGS: Mulheres de sucesso  Mocidade já tem samba para o Carnaval 2019  Horóscopo Carnavalesco  Haitam lança “Profecia”  Ana Paula Evangelista adere a dieta do tipo sanguíneo  Confira a letra e áudio da Estácio com modificações  Mulheres à obra  Protesto e solidariedade à Valéria dos Santos  Horóscopo Carnavalesco  Gracyanne Brabosa mostra corpo impecável Feijoada  e lançamento do enredo 2019: Acadêmicos da Abolição  Calça Jogger masculina está de volta  Shayene Cesário inaugura loja  Jojo Todynho adere a moda do correntismo  Portela lança nova marca  Camila Nunes lança 1º livro para pele Afro  Ana Paula Evangelista brilha em Londres  Uma advogada ou uma advogada negra Ivo Magalhães lota casa de show   Nubia Oliiver fala de depressão  Movimento Cultural Hip Hop  Lançamento da grife kaba Léwà  Tucuruvi lança samba de enredo e coroa nova rainha

 

Texto: – Clinton Paz –

Jornalista e assessor de imprensa

Comentários estão fechados.