O samba chora a morte de Ubirany, integrante do grupo Fundo de Quintal

Cacique de Luto

Neste momento de dor, não há palavras para expressar tamanha perda, mas os sentimentos nobres serão nossos alicerces. O Cacique de Ramos e sua Tribo, componentes e amigos lamentam o falecimento de Ubirany Félix do Nascimento, fundador do Cacique de Ramos e do Grupo Fundo de Quintal.  Ao lado de seu irmão Bira Presidente, Ubirany, ajudou a construir a trajetória do Samba e do Cacique de Ramos.

Mais do que merecido, Museu da Imagem e do Som do Rio recebe o acervo do ator José Wilker

 

 

80 anos de uma vida que transmitiu simpatia e talentos raros. Uma das maiores referências deste gênero musical, um sambista nato, exemplo de integridade e elegância expressos na personalidade que imprimiu através de seu sorriso acolhedor. Riscou o chão com poesia em seus passos do Miudinho, traços de uma família de sambistas, de sua raiz. Um Tamarindo de Ouro, realeza inconteste com o toque magistral do repique de mão que ganhou o mundo com o Grupo Fundo de Quintal.

Instrumentista, compositor e cantor, um mestre que influenciou sambistas de todo país. Sua imagem está eternizada na simpatia que lhe era peculiar, prova que a arte do Samba alcançou projeção incalculável e o respeito que merece, com educação, humildade e competência. Bira Presidente, do alto de seus 83 anos, tendo 60 destes anos dedicados ao Cacique de Ramos, descreve em poucas palavras a representatividade e sentimento deste momento:  

“Meu coração, hoje, não Samba. Posso ouvir ainda o som do repique de mão, ilustre instrumento que acompanhou meu irmão Ubirany, nestes 80 anos em que fui agraciado por sua presença física, sua parceria. Todos os momentos em família e com nosso Grupo Fundo de Quintal, passam em minha mente como um filme. Nossa história escrita com grande amizade é símbolo de união, de força, de luta e de muitas vitórias. Sua alma bendita seja luz, como sua vida, que iluminou a todos nós, familiares e amigos. Meu irmão, Ubirany, que Deus, nosso Senhor, o recebe em sua glória.” Disse o Cacique Maior.

 

Vai ser Top! Zeca Pagodinho e Diogo Nogueira participam do evento EsquentAê 2021

 

Nas palavras de Bira Presidente, ressaltamos toda grandiosidade daquele que foi o primeiro vice-presidente do Grêmio Recreativo Cacique de Ramos, foi e sempre será um dos pilares desta Família Caciqueana. Nosso “Chapinha” agora descansa em paz, eternizado em nossa Tribo, e no panteão das grandes estrelas do Samba.

 

“Ubirany é Cacique, não somente de Ramos, mas do Mundo do Samba!” , Declarou a Diretoria de Ouro de Bira Presidente.

 

O sepultamento será às 16h, deste sábado, 12 de Dezembro de 2020. Restrito à família. Solicitamos aos fãs e amigos que façam parte da homenagem virtualmente, às 15:30h, quando toda Família caciqueana estará em oração, nesta despedida.

 

 

 

 

TAGS: Já pensou onde vai passar o Natal e Réveillon 2021?  Thaeme e Thiago apresentam live show  A Verdadeira Furiosa  Programação Bar do Zeca Pagodinho  Imperatriz Leopoldinense tem nova presidente  Seu Jorge promove show beneficente  Macacão Jeans define praticidade  Horóscopo Alto Astral de 07/12 a 13/12  Doce e cheia de ginga  Banda Primeiro Amor no Bar do Zeca Pagodinho  Samba-enredo do Acadêmicos do Sossego  Carla Rio lança Making of  Cafu veste a camisa da campanha Trato Feito  Biblioteca Parque Estadual reabre as portas  Mariah Fernandes  Peça-série-metragem Anjo Negro  Discriminação racial  Viviane Bordin lança nova plataforma   Caveirismo está na moda  Lins Imperial apresenta 1º rei de bateria  Hopi Hari  Marcelo Delacroix  Degusta Tijuca é considerado melhor evento do Rio

 

-Nayra Cezari-
Toque de Mídias

 

 

 

 

Comentários estão fechados.