Ainda dá tempo! Cadastro para renda emergencial da Lei Aldir Blanc encerra nesta segunda-feira

Profissionais da cultura

O período de cadastramento dos profissionais de cultura para solicitar a renda emergencial da Lei Federal Aldir Blanc será encerrado na próxima segunda-feira (19). Artistas, produtores, técnicos, artesãos e outros trabalhadores da área que se enquadrem nos pré-requisitos devem realizar a solicitação o mais rápido possível. As informações estão disponíveis neste link.

 

Trabalhadores do samba convidam para bate-papo Martha Rocha e Anderson Quack

 

A renda emergencial – no valor de R$ 600 – será concedida por três meses consecutivos – Foto: Divulgação / Sececrj



A Renda Emergencial Cultural é destinada aos artistas e agentes de cultura, pontos e pontões culturais e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento da Covid-19. Para se inscrever, é necessário ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135).

Nos últimos dias, a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio (Sececrj), Danielle Barros, visitou alguns municípios para informar sobre o processo do benefício.

 

Os Balés Russos e as Transformações na Visualidade da Cena: é o tema da Live do Theatro Municipal do Rio desta segunda

– A Lei Aldir Blanc vai beneficiar os profissionais que estão aptos em todo o estado do Rio. Por isso, adotamos esse diálogo com os representantes dos fóruns municipais, gestores e fazedores de cultura em todo território fluminense. É muito importante que seja feito o acesso ao site da secretaria de cultura para realizar o cadastro. – diz Danielle Barros.

 



((( Inscrições na plataforma )))

Nesta semana, o Governo do Rio também lançou uma nova ferramenta para ampliar e facilitar o acesso à renda emergencial. O aplicativo Gov.RJ, feito em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), está disponível para o sistema Android no Google Store e iOS, gratuitamente.

As pessoas que têm dificuldades para se cadastrar podem recorrer ao polo de atendimento que funciona na Biblioteca Parque Estadual. Há, inclusive, uma tradutora de Libras à disposição dos interessados. O endereço é Avenida Presidente Vargas 1.261, no Centro do Rio. O horário é das 9h às 18h.

Para utilizar o aplicativo, é necessário ter um endereço com CEP no estado do Rio de Janeiro e um cadastro no 
gov.br. As dúvidas quanto ao auxílio emergencial podem ser resolvidas tanto na web quanto no aplicativo, por um chat que utiliza inteligência artificial e aprende a cada nova interação com o usuário.

O cidadão preenche os dados cadastrais e faz a solicitação do benefício. As informações serão validadas pela Dataprev e, em caso de aprovação, o repasse do valor será feito pelo Banco do Brasil ao banco informado pelo beneficiário.

Não pode solicitar a renda quem recebe benefício previdenciário ou assistencial (com exceção do Bolsa Família), seguro-desemprego ou estar cadastrado no auxílio emergencial geral. Mulheres chefes de família recebem o dobro do benefício. 

 

 

 

 

TAGS: Ronaldo Gomes grava música Prêmio Light nas Escolas Olha cobra! É verdade! Gyselle Soares vira bruxinha Moda: Calça Clochard jeans Saúde da Mulher Horóscopo Alto Astral de 12/10 a 18/10 YouTube: ‘Aqui Tem Fofoca’ Renovar é preciso! Taty Zatto ostenta corpão Péricles conta história de amor em novo EP Carioca Maria Marcella Outubro Rosa Flor da Mina do Andaraí apresenta Carnavalescos Juliah lança novo single  “Você vem?” Câncer de Mama  Zumbi dos Palmares Bar do Zeca Pagodinho reabre nesta quinta Looks estilosos com chinelo Havaianas Bumbum impecável Samba é da Massa Um Príncipe no elenco da Globo

 

-ASCOM Cultura-

 

 

 

 

Comentários estão fechados.