A vida é uma luta diária, live solidária para ajudar na batalha contra o câncer infantil

Uopecam, ICI e Instituto Ronald McDonald

1

A prevenção e o diagnóstico precoce são as melhores medidas para combater o câncer infantil, que representa a primeira causa de morte (7% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos de idade, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

É neste sábado, Império da Tijuca inscreve sambas concorrentes para o Carnaval 2021

 

 

“Hoje, os índices de cura são superiores a 70%, desde que os pacientes sejam tratados em centros especializados. Isso se deve a avanços nos métodos de diagnóstico e tratamento”, afirma o fundador e superintendente do Instituto do Câncer Infantil do Rio Grande do Sul (ICI), Algemir Brunetto.

O especialista em oncologia pediátrica é um dos convidados da live que será promovida pela editora Colli Books neste sábado (1), às 16h (horário do Brasil), para chamar a atenção da população sobre o tema. Também participará da conversa a médica Carmem Fiori, que é responsável pela oncopediatria do Hospital de Câncer de Cascavel – Uopeccan.

Ápice do prazer! Celebridades femininas falam sobre o Dia do Orgasmo

Para Dra Carmem, além do diagnóstico precoce, atividades lúdicas, como passeios, podem ajudar na recuperação dos pequenos pacientes. “Passeios são importantes para as crianças porque sair do ambiente hospitalar traz uma energia boa para elas e isso tem um resultado positivo no tratamento”, destaca a profissional.

 

Campanha será ponto alto do programa

O debate virtual abrirá espaço para que as pessoas possam fazer doações aos projetos e programas do Instituto Ronald McDonald, referência no combate ao câncer infantojuvenil no Brasil.

O superintendente da instituição, Francisco Neves, completa o time de convidados da live e vai contar detalhes do trabalho realizado em favor das crianças e adolescentes com câncer e seus familiares e como a instituição se reinventou para manter seus programas durante a pandemia.

Fundado em 1999, o Instituto Ronald McDonald, só em 2019, realizou mais de 95 mil atendimentos por meio de seus quatro programas e da sua rede de instituições parceiras e, o que tem contribuído muito para o aumento do índice de cura da enfermidade. Francisco, que transformou a luta contra o câncer infantil em sua bandeira após perder um filho vítima da doença, vai contar muitas histórias e vitórias nesta trajetória.

“Nossa meta é chegar aos mesmos patamares dos países com alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que ultrapassam os 85% de chances de cura do câncer infantojuvenil. Agora, com a pandemia da COVID-19, mais do que nunca precisamos de ajuda para manter nossos projetos e programas. Devido à imunidade baixa por causa do tratamento oncológico, nossos pequenos pacientes estão no grupo de risco. O câncer é uma doença que não espera, e o tratamento não pode parar. Por isso, iniciativa como essa, para debater o cenário que vivemos, é de extrema importância”, destaca o superintendente do Instituto Ronald McDonald, que há 21 anos aproxima famílias da cura do câncer infantojuvenil.

A live será mediada pela jornalista e escritora Isa Colli com apoio da jornalista Tais Faccioli.

 

Serviço: “Câncer infantil – exemplos de luta e solidariedade”

Quando: Sábado, 01 de agosto

Horário: 16h do Brasil e 21h da Bélgica

Onde: Canal do YouTube da Colli Books.

Link direto: collibooks.com/lives

 

 

 

 

TAGS: Garras do Tigre se filia a Liga LIVRES RJ Intercâmbio cultural entre paises 51 com corpinho de 30 É pra arrasar! Blazer e short jeans Carnaval 2021 de São Paulo foi adiado para maio Cineasta africano Flora Gomes Ubuntu é o enredo da São Clemente Liga Livres Rj Guri bom de samba! João Saldanha é o enredo da Botafogo Samba Clube Horóscopo Alto Astral de 20/07 a 26/07 Lierj e Ação da Cidadania Evolução a adaptação Na boleia do caminhão Canarinhos das Laranjeiras se filia a Liga LIVRES RJ Liesa 2021: vai ter ou não? Jesus Chediak recebe homenagem do Sececrj Vestido xadrez para o inverno 2020 Boas ações Tô chegando, hein!

 

-Larissa Vilarinho- 

Comunicação

 

 

 

 

1 comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.