Dra. Laila Wajntraub explica que o Coronavírus pode causar sequelas na voz

Fonoaudióloga

O cantor Dinho Ouro Preto contraiu covid-19 no final de março, e revelou em uma live musical, que apesar de estar recuperado da doença, apresenta seqüelas. O vocalista da banda Capital Inicial está com um edema em suas cordas vocais. A condição, um tipo de inchaço, acabou afetando sua voz. Segundo a fonoaudióloga Laila Wajntraub, do Clube da Fala, o COVID-19 pode sim ocasionar danos a voz, como o edema.

Surpresa! Em primeira mão, Darlin Ferrattry será rainha de bateria do Império Serrano

 

 

“O edema é comumente causado por uma inflamação viral ou bacteriana. Se a pessoa pegar uma gripe forte, ela pode atingir a laringe, inchando as pregas vocais. Resumidamente, é um inchaço nas cordas vocais. Isso irá ocasionar perda na qualidade vocal e ronquidão”, orienta.

Artistas indepentes LGBTQIA+, Cash Hazze e Fabio Coco se unem no single “Selva”

Apesar de ser uma doença comum, é necessário cautela, uma vez que a evolução do edema pode ocasionar a necessidade cirúrgica ou a perda da voz. A especialista orienta que o tratamento deve ser levado à sério: “É possível tratar com exercícios específicos e acompanhamento de fonoaudiólogo. O paciente precisa hidratar-se muito e fazer repouso vocal (não falar muito)”, explica.

 

 

 

 

TAGS: Laari Michelin fala sobre veganismo Vídeo-sinopse da Beija-Flor Interior do Rio vai ganhar cinco salas de cinema! Marcos e Belutti lançam músicas inéditas Regata xadrez chega nesse inverno Marcos e Belutti lançam músicas Lexa doa cestas básicas Horóscopo Alto Astral de 22/06 a 28/06 Negócios em logística Feijoada em Casa do Salgueiro Lives do samba! Kariocagem grava primeiro EP Solidariedade para a saúde mental Fala, Majeté! Sete Chaves de Exu, Grande Rio 2021 Franja: cabelos cacheados e crespos Rainha de bateria doa alimentos O amor está no ar entre as famosas Latino agita live no YouTube

 

-Airam Comunicação-

 

 

 

 

Comentários estão fechados.