Egili Oliveira recebe coroa e faixa de rainha de bateria da Acadêmicos de Vigário Geral

Intendente Magalhães 2020

Recém-chegada à Marquês de Sapucaí, a Acadêmicos de Vigário Geral escolheu uma verdadeira sambista de raiz para reinar à frente dos ritmistas da bateria Swing Puro, de mestre Luyghi Silva. Egili Oliveira, professora de samba no pé reconhecida internacionalmente, recebeu a faixa e a coroa de rainha de bateria nesta sexta, na quadra da tricolor.

Anderson Lopes se prepara para maratona de eventos de final de ano no Rio

 

 

Com apresentação de grupo de pagode, o evento marcará ainda, o lançamento do samba-enredo da escola de samba para o Carnaval 2020, ano em que a agremiação abrirá os desfiles da Série A com o enredo “O Conto do Vigário”.

Com uma trajetória de muita representatividade dentro do mundo do samba, Egili começou como passista do Salgueiro. Querida por sambistas e com uma carreira internacional consolidada, ela também foi musa e rainha da Renascer de Jacarepaguá, além de destaque da São Clemente. Além de sambista, Egili também é atriz e uma estudiosa das questões relacionadas à cultura afro.

Cuidado com os dentes, Dr. Márcio Passos alerta para doenças cardíacas através de problemas de saúde bucal

– Estou muito ansiosa e muito grata pelo convite pois , hoje em dia, é difícil a gente ter rainhas de bateria negras e sambistas. O Carnaval passa por uma crise e este é um posto que, geralmente, é de ajuda para a escola. Ter sido convidada para representar a bateria da Vigário mostra que o samba é resistência e eu farei de tudo para enaltecer e honrar esse posto, diz a rainha.

Além da apresentação dos segmentos, a festa contará também com show de pagode embalado pelo grupo Pirraça entre outros convidados. A quadra da escola fica na Rua Alvarenga Peixoto, 60, em Vigário Geral.

 

 

 

 

-Best. Consultoria e Comunicação-

 

Comentários estão fechados.