“Para que os vivos e os mortos descansem em paz”

Autor: Danilo Otoch, 2015

O autor Danilo Otoch lança, no Rio de Janeiro, o livro “Para que os vivos e os mortos descansem em paz”, pela editora Cultura em Letras Edições.  Com foco na ditadura no Brasil, a história traz três personagens centrais que, anos após o fim do regime militar, revivem os tensos momentos da repressão política brasileira.

Os três personagens são submetidos a um encontro vingativo, em que um deles, sedento por justiça, refaz todo o trajeto político da “era de chumbo”. Junto com seu parceiro, reencontram, sequestram e mantém em cativeiro o homem que os torturou e matou diversos companheiros políticos que lutavam por uma democracia.

Preso em um aparelho, nome dados aos cativeiros mantidos pelos terroristas, o torturador é submetido a interrogatórios e revela os bastidores de um período negro e sangrento entre civis manifestantes, políticos e forças militares.

A cada capítulo, uma revelação. A cada revelação, as dores dos personagens são intensas nesta história de 250 páginas, que prende o leitor em uma viagem histórica de volta aos anos rebeldes de um país inocente, injusto e amedrontado.

 

Site da Cultura em Letras Edições

 

 

Comentários estão fechados.