Homenagem ao Rei do Rock, William Marks canta Elvis Presley no Teatro Rival Refit

Eterno

O inesquecível Elvis Presley – cantor norte-americano que morreu precocemente, aos 42 anos, em 1977 – será homenageado por um grande intérprete de seu repertório: o paulista William Marks. O tributo ao ídolo, que faria 85 anos neste início de 2020, será no dia 28 de janeiro (terça-feira), às 19h30, no Teatro Rival Refit.

Renascença Clube apresenta: “Um ato de amor em verde e branco”

 

 

Sem trajes, violões réplicas, passos coreografados e truques, Marks oferece interpretações dos maiores hits do Rei do Rock, acompanhado da banda THE MINERS. Com mais de 80 sucessos de Elvis em seu repertório, o artista se vale de sua privilegiada voz para levar a quem o ouve em uma viagem musical, intensa, acolhedora e emocionante, soando tão semelhante às versões originais que chegam a assustar.

“Normalmente os fãs, admiradores e imprensa, o homenageiam em agosto, mês de sua morte. Eu, particularmente, acho que Elvis ainda está vivo! Sua obra é imortal, ele é o maior intérprete de todos os tempos e dificilmente algum outro artista o superará… Por isso, acredito que 8 de janeiro, dia de seu aniversário, é a data ideal para relembrarmos o seu incrível legado musical, diz William Marks.  

Após fratura no punho, Ana Paula Evangelista vai a ensaio da Unidos da Tijuca

 

 

O roteiro do show do dia 28 está recheado de pérolas do repertório de Elvis. Entre os clássicos gravados pelo ídolo, William Marks escolheu para cantar sucessos como “Love Me Tender”, “I Can’t Stop Loving You”, “It’s Now Or Never”, “Always On My Mind”, “Bridge Over Troubled Water”, “Unchained Melody”, “Blue Suede Shoes”, “Jailhouse Rock” e “Suspicious Minds”.

 

((( Sobre William Marks )))

Em sua trajetória artística, William Marks tem diversos marcos, como a vitória no disputado quadro “Quem Sabe, Canta”, do Programa Raul Gil. Também já se apresentou na cidade de Memphis, onde Elvis reinou, e até mesmo gravou no Sun Studio, onde Elvis fez seus primeiros registros na mitológica gravadora Sun Records.

 

Ficha Técnica
Direção artística: William Marks
Direção musical: Kátia Moreno
Músicos: William Marks (voz, violão e guitarra), Cajú (bateria), Pedrinho (teclados) e Gringo (baixos acústico e elétrico)
Produção: Circuito Musical e Cris Paltronieri

 

Clica no play!

 

 

 

Serviço:

Teatro Rival Refit Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de JaneiroData: 28 de janeiro (terça-feira). Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: R$60 (inteira), R$30 (lista amiga), R$40 (promoção para os 100 primeiros pagantes). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/TeatroRival_Ingressos2GIaEKp Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. https://www.teatrorivalrefit.com.br/Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.

Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Assinantes O Globo e Funcionário Refit

 

 

 

TAGS: Liesb: Desfiles da Intendente Magalhães Foco nela! Salve o candomblé! Horóscopo Alto Astral de 20/01 a 26/01 Anny é coroada Rainha do Império Serrano Flavia Bonato apresenta NY para os pais Filipe Ferreira arrasa na maquiagem Bloco das Favoritas em Copacabana Lierj é recebida por Governo do Estado Rio elege nova Corte do Carnaval 2020! Mc Rielle posa no clima de verão Favela 2 – A Gente não desiste Point carioca Deborah Albuquerque Look fresquinho para o Verão Fotos Réveillon Copacabana 2020 Copacabana recebe 2020 com tudo!

 

-SG Assessoria de Imprensa-

Comentários estão fechados.