Entrevista exclusiva: empresária e sambista, Danielle Sant’ Anna está de volta ao carnaval do Rio!

"Eu cresci no samba"

De braços abertos para o Samba! Dentista especializada em cirurgia periodontal, empresária, mãe e sambista, Danielle Sant’ Anna, fala da carreira profissional e celebra volta ao Carnaval 2018 do Rio de janeiro, quer saber mais sobre essa linda gata? Veja a entrevista abaixo!

 

Site AL – O seu Avô Edson Sanť Anna era radialista, foi Rei Momo do Rio de janeiro por 12 anos e jurado do Cassino do Chacrinha, essa convívio com ele te ajudou a construir uma carreira no Carnaval?

DS – Com certeza. Ele era apaixonado pelo carnaval, amava o que fazia. Eu era criança quando ele era Rei momo, eu cresci no samba e a paixão que eu tenho pelo carnaval começou por causa dele. Ele me levava em todas as quadras, de todos os grupos. Todos me conheciam.

 

Site AL – A sua participação no carnaval sempre foi presente? Ou você já tem uma trajetória no mundo do samba?

DS – Sempre tive uma trajetória no mundo do samba. Quando criança com o meu avô, com 16 anos entrei para a São Clemente e fui passista da escola até os 22 anos. Depois passei a desfilar nas alegorias da Portela e da Acadêmicos de Santa Cruz, onde estou até hoje.

 

Site AL – Você já pensou em ser Rainha da Corte Carioca? Nunca é tarde!

DS – Claro que sim. Na época em que o meu avô era Rei momo ele mandou fazer uma coroa de rainha e me coroava junto com ele nas suas trocas de faixa. Ele dizia que um dia eu seria a rainha do carnaval.

 

Site AL – Você tem uma irmã superconhecida na bateria da Mangueira, conte quem é ela?

 DS – Ela se chama Carol Sanť Anna, é percussionista profissional, cantora e compositora. Ela desfila na bateria da Mangueira há alguns anos. Assim como eu cresceu no mundo do samba. É reconhecida como ‘Musa da bateria’ pelo seu talento e beleza.

 

Site AL – Quantas escolas de samba você vai desfilar nesse carnaval? E qual é o posto de cada uma delas?

DS –  Eu vou desfilar em cinco escolas: Abre – Alas da acadêmicos de Santa Cruz, na Unidos da Tijuca dançando Stiletto na ala A Gaiola da Loucas, no Abre – Alas da Grande Rio, São Clemente e musa da Renascer de Jacarepaguá. O Renato Almeida me convidou para voltar a desfilar na escola mais ainda não sei em que posição eu venho.

 

 Site AL – Porque você ficou tanto tempo longe do Carnaval? E qual é o seu objetivo de vida e quais as suas metas?

 

DS – Eu me afastei do carnaval por que engravidei e queria cuidar da minha filha. Continuei desfilando em alegorias mas deixei a ala de passistas por que não conseguia me dedicar aos ensaios. Agora que ela cresceu eu estou de volta. A minha meta é retomar a minha carreira no carnaval.

 

Site AL – Fora da folia, quem é Danielle Sant’ nna?

DS – A Danielle é mãe, dentista, empresária e representante comercial. Trabalho muito. É difícil administrar tudo isso mas eu já me acostumei com o ritmo e gosto dessa dinâmica. Ainda arrumo tempo para os ensaios e os treinos na academia.

 

Site AL – Já pensou em ser rainha de bateria de alguma agremiação? Fale a verdade, você já teve algum convite?

DS – Sim, já pensei em ser rainha de bateria. Eu nunca recebi esse convite. Quem sabe um dia eu não recebo! Seria emocionante representar uma agremiação com um cargo tão importante.

 

Site AL – O que você vê na crise econômica que afetou em cheio o carnaval carioca? Você acredita que há esperança?

DS – Com certeza os carnavalescos estão usando a criatividade e trabalhando com materiais mais baratos por conta dessa crise. As escolas do grupo especial também ajudam as escolas do acesso e isso é muito bom. A crise não vai tirar o brilho do carnaval e com certeza em 2019 esse quadro econômico estará um pouco melhor.

 

Site AL – Quais são seus projetos pessoais e profissionais futuros?

DS – Como projeto pessoal vem a minha volta ao carnaval. Voltar a frequentar os ensaios e fazer parte dessa festa é uma realização pessoal. Como realização profissional eu pretendo continuar trabalhando como dentista e me aperfeiçoando cada vez mais em Cirurgia Periodontal, que é a minha especialidade. Também pretendo continuar crescendo com a minha empresa de festas, que a cada ano me dá um retorno super positivo e trabalhando na área comercial cada vez mais.

 

“Eu cresci no Samba”

 

 

Roupa: Eduardo Belo

Make: @rogeriodossantosmake 

Cabelo: @rodrygo17

Comentários estão fechados.