Elas dispensam apresentações, KATZ lança primeiro EP da carreira

Empoderadas e sexy

Bella, Mayra e Flavinha já dispensam apresentações. Donas de vozes poderosas e muito singulares, as KATZ mostram sua força e empoderamento em mais um incrível lançamento repleto de coreografia e sedução. “KABOOMDA” chega a todos aplicativos de música nesta sexta-feira, 6 de novembro, ao lado das inéditas “Moletom Vermelho” e “Timing Certo” finalizando os lançamentos do primeiro EP de carreira que leva o nome da Girl Band, KATZ. Completando o projeto, estão as faixas “Efeito Dominó” e “Boomerang” já lançadas.

Wesley Safadão mostrará seu viés empreendedor no maior congresso de empreendedorismo do Brasil

 

 

Como boas divas do POP, as cantoras colocaram não só o talento vocal para jogo em “KABOOMDA”, mas também arrasaram na coreografia em cenários que unem o glamour ao street, combinação também presente em seus looks. Composta por Flavinha, Bella, DJ Batata, o single é perfeito para pista de dança, com letra empoderada e sexy. Formado por Mayra, de São Paulo, a mineira Bella, e Flavinha, nascida em Cuiabá, no Mato Grosso, KATZ é uma Girl Band de mulheres livres, independentes, que sabem o que querem que traduzem essa força em suas canções.

 

 

CONHEÇA MELHOR AS KATZ:

 

Bella

Nascida em Sete Lagoas, Minas Gerais, Bella, de 25 anos, já morou em muitos lugares. Decidiu chamar de casa Cachoeira da Prata, a pequena cidade de Minas Gerais que a acolheu e lhe deu o apoio necessário, desde os primeiros passos de sua carreira, iniciada ainda na infância. Movida pelo sonho de viver da música, desde pequena Bella agarrou todas as oportunidades que teve para evoluir e crescer artisticamente. Aos 19 anos, a artista se mudou sozinha para São Paulo, em busca de novos desafios e oportunidades.

 

Flavinha

A música sempre fez parte da vida de Flavinha. Gravações e shows eram brincadeiras frequentes da infância da cuiabana. No palco improvisado com papelão e tinta guache, ela fez as primeiras apresentações ao vivo para uma plateia formada por familiares orgulhosos. Desde essa época, ela sempre exigia o máximo de si mesma. Se fosse difícil alcançar uma nota, ela passava dias treinando até acertar e depois convocava a família para assistir a mais uma apresentação no palco de papelão. Determinada pelo sonho de transformar a paixão em trabalho, Flavinha chegou a vender bolo e café para se manter em São Paulo, onde vive hoje.

 

Mayra

Mayra herdou da família materna o dom da música. Quando pequena, ela assistia sua avó cantar as músicas que ela compôs quando jovem. Sua mãe e  madrinha também cantavam juntas quando pequenas. Mas foi do pai que ela recebeu como herança o amor pela música. Seus pais foram os responsáveis por apresentá-la a algumas de suas maiores referências musicais, como Michael Jackson, Elton John, Earth Wind & Fire, Stevie Wonder e Queen. Em busca de uma vida “mais estável”, Mayra se formou publicitária. Ela chegou a atuar por algum tempo na área, mas a paixão e o sonho da música chamaram mais alto. E ela atendeu.

 

 

 

 

TAGS: Moda: Blusa Transparente Preta Mundo LGBTQ+ se despede de Jane Di Castro Horóscopo de 02/11 a 08/11 Quiosque Drink Café Morre Jane Di Castro Programação Bar do Zeca Pagodinho Marilyn Monroe – Estação Net Botafogo Snacks saudáveis Eduardo Paes em Madureira União do Vilar Carioca se filia a Liga LIVRES Dignidade humana Novembro Laranja Racismo estrutural na peça ‘Anjo Negro’ Em Cima da Hora reabre em novembro Concurso Rainha Revista Feras 2021 Imperatriz Leopoldinense homenageará Arlindo Rodrigues Cinema Negro Zózimo Bulbul Cinco anos da revista Diamond Brazil 44º Mostra Internacional de Cinema de SP Prefeitura do Rj libera quadras de escolas de samba

 

-Luana Ribeiro- 
Assessoria de Imprensa 

 

 

 

 

 

Comentários estão fechados.