Considerada a Rainha dos Faisões, Sanne Bee é a nova musa da escola de samba Lins Imperial

Beleza e Samba no Pé

Além de toda beleza que traz o carnaval, os desfiles de escola de samba sempre possuem mulheres bonitas embelezando a sua apresentação. A Lins Imperial contará com um time de beldades que darão beleza e samba no pé, no desfile que homenageia Antônio Carlos Bernardes Gomes, o saudoso Mussum.

No novo normal, Acadêmicos da Rocinha reabre quadra em dezembro com apresentações da final de samba-enredo

 

 

 

Nascida no Rio de Janeiro e radicada na Suíça há 24 anos, a rainha dos faisões, como é popularmente conhecida no Brasil, Sanne Bee, será a primeira beldade a pisar na Passarela do Samba com a verde e rosa no retorno da Lins Imperial à Sapucaí. Irrevente, carismática, bem-humorada, advogada e sambista de corpo e alma, a musa, que é casada, aceitou o convite do presidente Flavio Mello, seu amigo de longa data e mesmo distante do Brasil já se prepara para a folia. A destaque de chão, que já foi musa e rainha de bateria de grandes agremiações cariocas irá retornar ao ‘Maior Espetáculo da Terra’ no próximo carnaval que está programado para acontecer fora de época, em julho de 2021. Seu último desfile foi em 2019 como musa da União da Ilha do Governador.

Com 30 anos de avenida, Sanne já foi passista e musa da Viradouro e da Portela, onde foi aluna da Nilce Fran. Desfilou também como musa da Renascer de Jacarepaguá, Império da Tijuca e Unidos de Padre Miguel, foi rainha de bateria do Boi da Ilha do Governador e da Vicente de Carvalho, além de ter sido madrinha na Unidos do Jacarezinho. Na Lins Imperial, Sanne Bee chega para somar e engrandecer ainda mais o desfile da escola que estreará na Série A da Lierj.

Quatro obras concorrem à única vaga para o hino oficial do GRES Botafogo Samba Clube

 

 

– Eu cresci vendo minha mãe se apresentar como mulata show do Salgueiro, me apaixonei pelas mulatas de ouro da Portela e prometi que seria rainha um dia. Não consigo nem explicar a emoção que está dentro de mim neste momento. O convite do presidente Flávio Mello, que é meu amigo, finalmente foi aceito e estarei em julho novamente no Brasil para honrar este pavilhão como a primeira musa a pisar na Avenida com a Lins Imperial – declara Sanne Bee que mora  há bastante tempo na Europa.

A musa também adiantou que se prepara o ano inteiro para o dia da folia: “- Eu tenho um nutricionista aqui na Suíça que se chama Volontè e ele que cuida de tudo até a data mais importante do ano chegar. Minhas fantasias são todas preparadas pelo Michel Marsolla” – adianta a musa que ganhou o título de rainha dos faisões do ex carnavalesco e comentarista, Milton Cunha, por sempre possuir os maiores faisões da Avenida.

Resistência e feijoada carioca na Casa D’Samba no Dia da Consciência Negra

Em 2021 a Lins Imperial apresentará na Sapucaí o enredo “Mussum pra sempris – traga o mé que hoje com a Lins vai ter muito samba no pé!” que será desenvolvido pela dupla de carnavalescos Eduardo Minucci e Ray Menezes.

 

 

 

 

TAGS: Casa França-Brasil estreia série de lives  Rocinha reabre quadra em dezembro  O Direito de Pensar  Festival Gastronômico Degusta Tijuca  Horóscopo Alto Astral de 16/11 a 22/11 Moda: Mini saia jeans  Lu Lobo se joga no samba Salgueiro celebra o Dia da Consciência Negra Apoteose Carioca se filia a Liga LIVRES  Cine África Projeto ‘Abrindo Portas’ Teatro Rival Refit  Thiago e Thaeme  Império da Zona Norte  Morre Djalma Sabiá Sossego comemora 51 anos Mês da Consciência Negra  Portela celebra a reabertura de sua quadra Moda: Regatas com estampa de folhagem  Jornalista Anderson Lopes  Los Castillos comemoram carreira  Black Brazil Art: ‘Arte sem Fronteiras’

 

-Geissa Evaristo-

Assessora de Imprensa S.R.E.S Lins Imperial

 

 

 

 

Comentários estão fechados.