Cinco minutos com Jorgynho Chinna

Cantor de samba, compositor e cavaquinista

Um dos maiores sambistas brasileiros concede entrevista exclusiva para o site AL, em um dos trechos, Jorgynho Chinna comenta a relação entre os sambistas. Veja abaixo!

 

 

AL – Existe diferença entre samba do morro com o asfalto? Ou todos são iguais.

JC – Ao meu ver, não é pra existir. Tradicionalmente, como o samba veio dos guetos algumas pessoas acham que o verdadeiro samba só é bem executado por lá. Mas vejo muitos sambistas do asfalto fazendo bons sambas.

 

 

AL – Entre sambas e bambas, qual é a relação entre os sambistas? Há união?

JC – Sou da geração de 80 à minha geração éramos um por todos e todos por um, hoje percebo que fizeram algumas panelinhas e, isso não é saudável para o nosso seguimento.

 

 

AL –  A nova geração do samba, o que você acha dessa nova safra de sambistas?

JC – Costumo dizer que a minha marra é a humildade, meu papo sempre foi reto e jamais fará curvas. As vezes sou discriminado por não fazer parte das panelas. Sobre a nova geração, tem alguns que fazem um trabalho bem interessante, inclusive deixei muitos deles sentar na minha cadeira quando eu participava da roda de samba no Clube de Regatas Guanabara(administrada por Nézio Simões e Negão da Abolição), em Botafogo, era um verdadeiro manifesto, este dia vejo que de certa forma dei minha contribuição pra hoje serem conhecidos.

 

 

AL – Quem é Jorgynho Chinna?

JC –  Cantor de samba, compositor e cavaquinista, ex-integrante do grupo musical Pirraça, além de composições próprias, como canções de Arlindo Cruz e Xandi de Pilares, eu fui gravado por vários artistas do samba, Grupo Fundo de Quintal(Fera no Cio), Péricles(Me leva pra casa), Luiz Airão (Tempo de Espera), Jorginho do Império(Luz Neon), Grupo Clareou, dentre outros, dessa nova geração do samba que rotularam gravei 3 faixas no CD do Grupo Arruda e o no novo DVD tem 2 músicas minhas, ex-integrante da ala de compositores da escola de samba Leão de Nova Iguaçu, ex-integrante escola de samba União da Ilha do Governador e primeiro cavaco da escola.

 

Conheça um pouco do sambista

 

 

 

Entrevista realizada no ‘Projeto Intinerante Samba Bom’ – responsáveis: cantor Helton Lopes e Liliane Costa

Fan Page Projeto Itinerante Samba Bom

Local: BomBar Carioca, Bento Ribeiro

Comentários estão fechados.