‘Chegou a hora de entrar em outra aventura’, após desfilar em Uruguaiana, rainha Veronice de Abreu se despede do Carnaval brasileiro

Charme, elegância, simpatia e samba no pé

Charme, elegância e simpatia são algumas das características de Veronice de Abreu, que de rainha de bateria a musa de escola de samba, brilhou este ano no Carnaval carioca e também de Uruguaiana.

Veja também: Primeira semana do mês de abril, tem feijoada na quadra da Portela

 

 

Com um currículo extenso, ela desfilou como rainha de bateria do Carnaval carioca por quatro anos. A soberana que em 2012 foi rainha do Carnaval de Porto Alegre, ocupou também o cargo de musa da União da Ilha do Governador de 2014 a 2015, além de ter sido passista da Portela durante quatro anos, onde representou a agremiação no concurso Musa do Caldeirão do Huck.

 

 

Na Europa, Veronice brilha há 10 anos como diretora artística, coreógrafa e professora de samba da sua companhia “Miss Samba Show”.  Atuou em diversos carnavais europeus sendo reconhecida oficialmente com o título de Rainha do Carnaval da Europa 2016, onde reinou até este ano, quando sua sucessora assumiu o posto.

Vale a pena ver de novo: Marcelinho Moreira homenageia músicos de Vila Isabel em roda de samba

Amante do samba e do Carnaval, ela destaca que: “Um ciclo se fecha para que outro se abra…”. E foi na sua terra que Veronice de Abreu se despediu do posto de musa e rainha de bateria do Carnaval brasileiro.

 

 

Após aceitar o convite da produtora Nadia Narciso, assessora direta do presidente da escola de samba, Jair Rodrigues, para vir à frente do carro abre alas da escola Império Serrano, Veronice curtiu seu último carnaval na cidade aonde nasceu seu pai e suas duas irmãs. “Depois de anos de dedicação, muitos títulos e prêmios, chegou a hora de entrar em outra aventura!”

declarou.

A rainha pretende se dedicar aos estudos e seguir carreira como advogada internacional e cuidar dos direitos dos imigrantes na Europa. Este ano ela ainda deve retornar ao Brasil para receber dois prêmios de melhor rainha de bateria: troféus “Samba na Veia” e “Explosão in Samba”.

 

 

“Aproveito para agradecer minha mãe, meu irmão, meus amigos, minha assessora de imprensa, Adriana Vieira, e meus patrocinadores por todo amor, incentivo, apoio e lealdade durante todos estes anos. Sem vocês eu jamais teria chegado aonde cheguei. Aos presidente da Vizinha Faladeira, David dos Santos, e diretor China, por ter me dado a oportunidade única de desfilar na Avenida do Povão e encerrar brilhantemente minha carreira, do jeito que eu gosto com o povo. Agora chegou a vez de dar lugar à nova geração. Ficam as boas lembranças, as cicatrizes no corpo… e o sentimento de missão cumprida. Desta vez é pra valer… Termino com chave de ouro! Quem quiser seguir meu trabalho na Europa curtam minha Fan page e Instagram: Veronice de Abreu”

acrescentou.

Comentários estão fechados.