Adeus, ano velho! Cultura do Estado do Rio fecha 2020 com o dobro de projetos patrocinados

Sececrj

0

Um processo de democratização para fomentar cultura em todas as regiões do estado do Rio. Com esse planejamento, neste ano, a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio (Sececrj) dobrou o número de projetos patrocinados via Lei Estadual de Incentivo à Cultura em relação a 2019: 86 a 40. Um investimento total superior a R$ 81 milhões em projetos de diferentes segmentos da cultura.

Musical infantil “Criando Asas” encerra a pré-venda dos ingressos nesta quinta(31)

 



A democratização ao acesso da aprovação via renúncia fiscal também é vista no território fluminense. Em 2020, 58% dos projetos foram realizados na capital e 42% no interior. Quantia diferente de 2019, quando a capital ficou com 92% das aprovações e apenas 8% no interior. Niterói, Angra dos Reis, Búzios, Cabo Frio, Petrópolis e Rio das Ostras foram algumas cidades que receberam projetos. Também tiveram projetos que passaram por vários municípios, como o Cinema Presente na Praça e Caravana da Leitura e do Autor Fluminense.

– Chegamos ao final de 2020 com esses números muito positivos. Mesmo com a pandemia da Covid-19, conseguimos dobrar o número de patrocínios aprovados via renúncia fiscal em comparação ao ano passado. Isso é fruto de muito trabalho, planejamento e transparência. Isso reflete no nosso objetivo de democratizar o acesso ao fomento da cultura fluminense em todo o estado – disse a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, Danielle Barros.



Projetos por segmentos
No universo de 86 projetos, há uma diversidade de estilos dentro da cultura. A área de Teatro e Circo teve 28 vencedores, sendo a principal em 2020. Na sequência vem Música e Dança (24); Cinema, Vídeo e Fotografia (12); Artes Plásticas e Artesanais (9); Literatura, com prioridade à Língua Portuguesa (3); Folclore e Ecologia (3); Acervo e Patrimônio (3); Informação e Documentação (2); Artes integradas (1); e Gastronomia (1).  



Sistema Desenvolve Cultura
Seguindo o objetivo de maior transparência, desde agosto de 2020, o processo de apresentação para os benefícios da Lei Estadual de Incentivo à Cultura ganhou um novo formato. Não há mais edital, o processo está aberto de março a novembro. Outra novidade é o Sistema Desenvolve Cultura, que recebe as inscrições e abriga diversas informações para facilitar a busca por patrocínios via renúncia de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O sistema recebeu em 2020 o total de 328 projetos submetidos para o ICMS.Todas as informações podem ser conferidas 
aqui.

 

 

 

 

TAGS: Juliana Diniz se prepara para o Ano Novo  Wallace Guedes é o novo Muso da Lins Imperial  Jornalista Anderson Lopes fala sobre seu Ano Novo  Sua marca no TikTok  Horóscopo Alto Astral de 28/12 A 3/12  Entrevista extraordinária com Ana Botafogo  Logo da Estação Primeira de Mangueira  Angry Birds Bubble Trouble  Vai dar Bangu na cabeça!  Festival Diálogo de Cinema  Pagamento dos editais da Lei Aldir Blanc  LIESB emite nota oficial  Mangueira: Angenor, José e Laurindo  Escritora Isa Colli  Druzina Content conquista Prêmio Ano Novo, vida nova, novo símbolo!  Duas histórias divertidas  União de Maricá emite nota referente ao Carnaval 2021  Moda: Bonés de aba reta  Farid Abrão morre por complicações da Covid-19  Rocinha anuncia nova 1ª Porta-bandeira

 

-ASCOM Cultura-

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.