17ª Parada LGBT de Madureira reúne 1 milhão pessoas no berço do samba

Tema de 2017: 'A união nos une, mas a nossa luta nos fortalece'

Estava impossível transitar calmamente pelas proximidades de Madureira, Zona Norte do Rio, neste domingo(26), segundo informações estatísticas a Parada LGBT do bairro de Madureira reuniu 1 milhão de pessoas no berço do samba. Foram oito trios elétricos concentrados na rua Carvalho de Souza, entre avenida Edgard Romero desde às 13h, uma das convidadas mais esperadas da tarde Ludmilla escolheu um look diferente, ousado e estravagante, com um maiô cavado prata em decote em V, manga longa cheio de detalhes e ombros pontiagudos, para combinar o modelito, bota cano alto no mesmo tom, mulher segura e cheia de atitude. Além da funkeira, presenças importantes de Lexa, Chininha e Príncipe, Deena Love(The Vice Brasil 2014), Alinne Rosa, e dos padrinhos Viviane Araujo e David Brazil, entre autoridades, funkeiros e celebridades da internet.

 

 

 A festividade contou com postos de saúde, 230 policias, guardas municipais e distribuição de preservativos durante a festa, o evento surpreendeu positivamente os organizadores, Loren Alexandre e Grupo MGTT(movimento de gays, travestis e transformistas) que durante o movimento anunciaram em primeira mão a próxima atração da Parada LGBT 2018, Pabllo Vittar.

 

 

Comentários estão fechados.